Mais uma segundona começando, e com isso mais uma semana de aulas, de provas (para alguns), de trabalhos, enfim, muitas coisas.

E lá vamos nós, a mais dicas para começar bem a semana <3

Música:

A Thousand Miles (cover do Boyce Avenue ft. Alex Goot)

Eu não sei vocês, mas essa música me traz ótimas recordações. Me faz lembrar de uma época maravilhosa da  minha vida. E na voz deles então, não tem como não se apaixonar!

Jogo para iPhone:

Song Pop

É um jogo viciante de músicas. Parecido com Draw Something, só que nesse você tem que descobrir qual é a música ou o cantor, que está tocando. A-d-o-r-e-i. Não consegui parar de jogar até agora!

Frase:

“Destrua o que te destrói”. 

Eu já tinha lido várias vezes essa frase, mas nunca tinha parado pra pensar no seu significado.

Enquanto não tirarmos de nós o que tem nos destruído, o que tem nos atrapalhado, magoado, nós nunca vamos conseguir seguir em frente. E a cada dia que passar, nós vamos sendo destruídos um pouco mais. Precisamos ser fortes para enfrentar nossos medos, em vez de fugirmos deles, para que de uma vez por todas, eliminemos o que nos destrói.

Filme: 

O preço do amanhã (In time). 

Não, nem de longe é o melhor filme que eu já vi, ou nem um filme que me tirou o fôlego. Mas é um filme que traz uma história interessante, e a mensagem por traz do filme, é bem melhor do que o filme em sim.

Enfim, no filme, estamos numa sociedade, onde a partir dos 25 anos as pessoas não envelhecem, mas para continuarem vivas, elas precisam de tempo. E o tempo é o dinheiro. Em seus braços, as pessoas tem um relógio onde marca-se o quanto de tempo elas ainda tem. Os ricos, tem séculos, os pobres, lutam pelo tempo todos os dias.

Primeira lição: Nós que vivemos em uma sociedade capitalista, dificilmente vamos conseguir mudar o padrão que eles nos proporcionam. Os ricos continuam ricos e os pobres continuam pobres, é isso que o filme se trata. E uma pessoa dificilmente conseguirá ir contra o sistema, porque isso desencadearia muitos problemas e é claro, o desequilíbrio da sociedade. Além de que, no filme, existem os guardiões do tempo, e mesmo ganhando muito pouco, fazem de tudo para que seu trabalho seja feito e o que sistema seja mantido (uhm, policiais?) Mas até quando, nós deixaremos que o sistema continue dessa maneira? Matando os pobres, para que os ricos possam continuar vivendo?

Segunda lição: essa talvez não seja a mensagem central do filme, mas quando eu assisti, comecei a perceber o quanto o tempo é valioso. As pessoas ali, tentam de todas as formas ganhar mais um minuto de vida, enquanto na nossa sociedade, nós perdemos tanto tempo com bobeiras, em vez de aproveitarmos ao máximo. E no filme, eles ainda tem a certeza de que estarão acordados no outro dia (Caso eles tenham bastante tempo no relógio), mas e nós? Qual é a certeza de que estaremos vivos amanhã?

“Everyone can’t live forever. Taxes and prices go up the same day in the ghetto. The cost of living keeps rising to make sure people keep dying.” [Ninguém pode viver pra sempre. Taxas e preços sobem todos os dias no gueto. O custo de vida continua  crescendo para garantir que pessoas continuem morrendo]. 

Versículo:

“Nós amamos, porque Ele nos amou primeiro”. 1 João 4:19

Desejo do dia: 

To querendo isso faz um bom tempo. Quem tá comigo? haha

Novidade/curiosidade/atenção

Pessoal que está em época de vestibular, e mesmo a galera que está no segundo ano do ensino médio:

-As inscrições para o enem já estão abertas e ficam até o dia 15 de junho.

-O valor da inscrição é de 35 REAIS. 

Dizem que as provas vão ser nos dias 3 e 4 de novembro. Mas vamos prestar atenção, caso mudem a data.

Para mais informações entrem nesse site.

E espero nesse ano, fazer uma temporada de dicas para o Enem, já que estou virando expert no assunto. [Esse ano será o meu quarto enem].

Escolham brilhar,

Andressa 

Anúncios