Como a maioria de vocês sabem, esse domingo nós tivemos o maior e mais importante evento da música no mundo: O Grammy!

E como prometido, eu vou dar a minha opinião sobre esse 54ª edição.

Se me perguntarem qual foi a melhor apresentação para mim, com certeza eu diria que foi a do Bruno Mars.

O Bruno foi um fofo como sempre. Ele cantou a música Runaway baby, e eu senti como se estivesse vendo um Elvis mais moderno no palco.

Eu acho maravilhoso o fato de que ele não precisa de muito para ser excelente, é isso que torna ele e algumas outras pessoas que se apresentaram naquela noite verdadeiros músicos de qualidade.

Preciso dizer que eu não conhecia os Beach Boys, mas eu fiquei completamente apaixonada por eles. É tão fofo ver como mesmo sendo velhinhos eles ainda conseguem cantar tão bem.

Gostaria de fazer um comentário sobre a apresentação da Taylor. Eu vi várias pessoas achando estranho o fato de ela estar vestida daquele jeito durante sua apresentação, mas eu realmente achei o máximo. Tem tudo a ver com a música que ela cantou (Mean), é como se fosse uma volta ao passado. E nem preciso dizer que o que importa é a voz, a música, não a roupa né?

Acho que eu nem preciso falar sobre a Adele né? Ela foi a estrela da noite e ponto. Não há o que discutir.

Foo Fighters e Coldplay também fizeram uma ótima apresentação. Já Maroon 5, Rihanna e Katy Perry, para mim, deixaram muito a desejar. Eu gosto muito de Maroon 5, mas preciso dizer que a apresentação saiu um pouquiiiiinho desafinada. Já Rihanna, eu não tenho muito a dizer a não ser que: eu to assistindo pra ver música não sensualidade ou apenas dança [isso vale para o ex-namoradinho dela Chris Brown]. Sou fã da Katy Perry, não vou negar. Mas as apresentações ao vivo dela deixam a desejar, e essa sem dúvida, foi uma das piores. [Ainda mais comparando a do ano passado que foi maravilhosa!]

Um dos grandes momentos da noite foi o Tributo a Whitney Houston feito por Jennifer Hudson cantando a canção mais conhecida da Diva: I will always love you. [Não a chamei de diva pelo falo de chamarmos de diva as cantoras que gostamos, mas porque ela realmente faz parte de um grupo de mulheres que são consideradas as divas da música].

Alicia Keys, junto com Bonnie Raitt fizeram um tributo a Etta James que também faleceu recentemente.

A apresentação de Paul McCartney foi ótima também, como sempre. Não tenho muito a dizer, porque nunca fui fã de Beatles e eu realmente não sei muito sobre ele.

E a pior apresentação da noite vai para: Nicki Minaj

Eu não sei qual a necessidade que as pessoas tem em querer se aparecer, aliás, necessitar. E foi isso que ela fez, mas isso levou a muita polêmica e muitos comentários negativos. Além de certa forma debochar de coisas muito sérias como o exorcismo, ela praticamente não cantou nada da música.

E para finalizar, os vencedores de todas as categorias.

Gravação do ano: “Rolling In The Deep“, Adele

Álbum do ano: “21″, Adele

Canção do ano: “Rolling In The Deep”, Adele

Revelação: Bon Iver

Melhor performance pop solo: “Someone Like You“, Adele

Melhor performance pop dueto ou grupo: “Body And Soul“, Tony Bennett e Amy Winehouse

Melhor álbum pop instrumental: “The Road fromMemphis”, Booker T. Jones

Melhor álbum pop vocal: “21″, Adele

Melhor gravação eletrônica: “Scary Monsters and Nice Sprites“, Skrillex

Melhor álbum eletrônico: “Scary Monsters and Nice Sprites”, Skrillex

Melhor álbum pop tradicional: “Duets II”, Tony Bennett

Melhor performance rock: “Walk“, Foo Fighters

Melhor performance hard rock/metal: “White Limo“, Foo Fighters

Melhor canção de rock: “Walk”, Foo Fighters

Melhor álbum de rock: “Wasting Light”, Foo Fighters

Melhor álbum alternativo: “Bon Iver, Bon Iver”, Bon Iver

Melhor performance de R&B: “Is This Love“, Corinne Bailey Rae

Melhor performance de R&B tradicional: “Fool For You“, Cee Lo Green e Melanie Fiona

Melhor canção de R&B: “Fool For You”, Cee Lo Green e Melanie Fiona

Melhor álbum de R&B: “F.A.M.E.”, Chris Brown

Melhor performance de rap: “Otis“, Kanye West e Jay-Z

Melhor colaboração de rap: “All Of The Lights“, Kanye West, Rihanna, Kid Cudi e Fergie

Melhor canção de rap: “All Of The Lights”, Kanye West, Rihanna, Kid Cudi e Fergie

Melhor álbum de rap: “My Beautiful Dark Twisted Fantasy”, Kanye West

Melhor performance country solo: “Mean“, Taylor Swift

Melhor performance country duo ou grupo: “Barton Hollow“, The Civil Wars

Melhor canção country: “Mean”, Taylor Swift

Melhor álbum country: “Own The Night“, Lady Antebellum

Melhor vídeo curto: “Rolling In The Deep”, Adele

Melhor vídeo longo: “Back and Forth“, Foo Fighters

E o que vocês acharam do Grammy? Qual o favorito de vocês?

Escolham brilhar,

Andressa

Anúncios